Construindo os cidadãos do amanhã

21/11/2018

As nossas crianças representam o amanhã, o futuro que teremos. A Atvos, por meio do programa Energia Social, reconhece a importância de investir em projetos que proporcionam melhorias para o futuro desses pequenos.

 

Cachoeira Alta (GO) é exemplo disso. Dentre os oito projetos implantados na região, três são relacionados à educação. A creche Valéria Jayme Peixoto Perillo é um exemplo. O Energia Social viabilizou a ampliação da estrutura física da instituição de ensino, permitindo 102 novas vagas de berçário e maternal que foram destinadas a crianças de 0 a 3 anos da comunidade, eliminando o déficit por vagas nesta faixa etária no município. “Com a ampliação da área pedagógica da creche, a educação avançou bastante. Agora, as faixas etárias estão mais separadas e temos mais professores para acompanhar as crianças de perto. É perceptível a evolução das crianças. Não tem como ver um projeto desses desenvolvendo a nossa cidade e não encher o coração de orgulho”, conta Ariana Benedito, mãe de Anthoni, de 2 anos, matriculado na creche.

 

Para Leonardo Fadigas, gerente de Pessoas e Administração do Polo Goiás, que tem unidade agroindustrial em Caçu, mas abraça Cachoeira Alta como cidade satélite, a implantação de projetos como esses é fundamental para o desenvolvimento das cidades onde a Atvos possui atuação. “O Energia Social está presente em Cachoeira Alta desde 2012 e tem o papel de propor projetos relevantes para o município por meio de projetos autossustentáveis e reconhecidos na região. Investir nas nossas crianças de hoje é garantir o nosso amanhã”, diz.

 

Outro projeto no município foi a construção de uma nova sede para o conselho tutelar, que melhorou a qualidade do seu atendimento e aumentou o número de famílias apoiadas diariamente. Depois da reforma, aproximadamente 3.000 assistências já foram realizadas.

 

Na escola Pedro Ludovico, também em Cachoeira Alta, o Energia Social viabilizou a ampliação da cozinha e a construção de um novo refeitório no espaço. Como consequência, mais crianças tiveram a oportunidade de se matricularem na instituição que, agora, conta com um ambiente mais adequado para alimentação.

 

Não é apenas o Polo Goiás que conta com projetos em prol das crianças. Em Mineiros (GO), o Polo Araguaia, por meio do Energia Social, recebeu o projeto Primeiros Passos, que reformou e ampliou o CMEI (Centro Municipal de Educação Infantil) Criança Feliz e o Noêmia Ferreira, aumentando a oferta de 168 vagas e oferecendo as crianças um ambiente adequado.

 

Um pouco mais ao norte do país, em Costa Rica (MS), outros dois projetos com foco em crianças também merecem destaque. No Centro de Educação Infantil Sonho Meu, o programa apoiou na aquisição de móveis e equipamentos para a adequação do espaço e ofereceu um cantinho acolhedor para potencializar o aprendizado das crianças.

 

Já o Florestinha, projeto bastante conhecido pelos costarriquenses, busca promover a educação ambiental na região, trabalhando com crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. Com o apoio do Energia Social, um novo núcleo foi estruturado e o projeto, em parceria com a Polícia Militar Ambiental de Costa Rica e a prefeitura. “O nosso intuito com esse projeto é formar jovens mais conscientes. Nele, formamos um batalhão de patrulha ambiental mirim que multiplicam conceitos e diretrizes ambientais em todo município”, explica Chafick Fair Luedy, gerente de Pessoas e Administração do Polo Taquari.

 

Para Maria Eduarda Fernandes, de 16 anos, primeira jovem formada pelo Florestinha, participar do projeto abriu uma série de horizontes para sua vida. “Participar durante três anos e meio do programa, para mim, foi um divisor de águas. Por meio dele, pude conhecer a importância da educação ambiental e transmitir todo esse conhecimento para outras pessoas. Antes de entrar, eu não imaginava tudo o que ele poderia me proporcionar. Hoje, posso dizer com toda a certeza que esse projeto mudou completamente a minha vida”, diz.

 

São projetos como estes que confirmam o compromisso da Atvos com o desenvolvimento sustentável dos municípios em que a empresa está instalada. A partir de iniciativas para garantia de direitos e proteção das crianças e adolescentes, a Atvos contribui hoje com a formação dos cidadãos do amanhã.