Como a inteligência digital potencializou a produtividade e economia na operação agrícola

29/09/2020

A busca pela produtividade é fundamental no dia a dia de qualquer trabalho e, aqui na Atvos, garantir a produtividade no campo é um fator determinante para o desempenho do nosso negócio.

 

Aproveitamos o melhor da tecnologia disponível e agilidade atual da comunicação para otimizar e reduzir custos no longo prazo do processo de colheita e transporte de cana-de-açúcar. Chamado de Projeto Cubo, o desafio foi iniciado em 2019 com a centralização do monitoramento e controle de colhedoras, tratores e caminhões de duas das nossas oito unidades agroindustriais ativas, com perspectiva de expansão total até 2021.

 

Cada etapa do processo da operação agrícola passou a ser acompanhada de uma base remota, localizada no escritório de Campinas e, assim, é possível verificar o tempo de deslocamento dos equipamentos, o ciclo logístico e todos os movimentos das colhedoras e tratores de transbordo, se necessário, corrigir rotas via comunicação de rádio com o líder da operação em campo, de acordo com os limites estabelecidos.

 

Com informações precisas, integradas e em tempo real, esse novo formato de gestão já proporcionou 20% de ganho em horas produtivas durante o go live de algumas unidades e esperamos muito mais. Posso destacar outros ganhos como exemplos, a melhor integração entre a operação agrícola e industrial, maior agilidade na tomada de decisões estratégicas e redução das emissões de gases de Efeituo Estufa (GEE).

 

Vamos continuar buscando tecnologias que otimizem processos em campo e como o nosso próprio propósito resume, buscando soluções criativas e rentáveis na produção de energia limpa e sustentável para o planeta.