Sonho realizado x realização profissional

20/04/2018

O dia em que a gente transforma o sonho em realidade é o dia que entendemos que estamos trilhando o caminho certo. E comigo não foi diferente.

 

Moro em Nova Alvorada do Sul (MS), onde a Atvos tem uma unidade agroindustrial. Sempre observei os programas sociais da empresa e admirava a forma como ela transformava a vida das pessoas. Então coloquei como meta fazer parte disso.

 

Meu primeiro contato com a empresa foi como estagiária, por meio de um curso em Técnico Agrícola que fiz. Nessa primeira experiência já me apaixonei pelo negócio. Quando concluí, resolvi me matricular na Universidade Federal da Grande Dourados, em Agronomia, e estudar mais a fundo sobre tudo aquilo. Durante a graduação, me inscrevi novamente para o Programa de Estágio. Passei, fui selecionada e ali começava meu sonho.

 

Quando me formei, iniciei o Programa Jovem Parceiro (trainee), que orienta os jovens com o desenvolvimento de sua carreira. Atualmente, estou atuando no setor de tratos culturais, na área de fertirrigação. Procuro melhorias na qualidade de aplicação e operação agrícola.

 

Com o programa, pude entender que os jovens da empresa que trabalham comigo e os que ficam em outras unidades também podem enxergar novos caminhos, novos processos e quem sabe trazer boas ideias para a Atvos. Na última semana, participei do primeiro módulo, em São Paulo. Nunca imaginei que teria essa oportunidade de compartilhar ideias e ouvir histórias, como depoimentos de carreira de líderes da empresa. Foi uma experiência muito importante, de grande valor para a minha vida profissional.

 

Hoje eu vivo um sonho. Aconselho todos os jovens que conheço: dediquem-se. Empenhem-se. Se existe um sonho, vale a pena ir atrás dele. Eu fui atrás do meu e me apaixonei ainda mais pelo mundo Atvos que eu tanto ouvia falar.

 

Natali Silva Gomes, 24 anos, Jovem Parceira da Unidade Santa Luzia