Parcerias agrícolas: uma relação de ganha-ganha

18/05/2018

Na última semana, participei como palestrante da Feira de Negócios Agropecuários da Comiva (Feinagro), realizada em Mineiros (GO). Fiquei satisfeito em ver o auditório cheio. Cerca de 100 pessoas reunidas para ouvir e debater as oportunidades existentes no agronegócio, especialmente no setor de cana-de-açúcar.

 

Apresentei aos participantes o programa Parceiros Mais Fortes, desenvolvido pela Atvos com o objetivo de atrair parceiros fornecedores de cana. Para a empresa, a parceria viabiliza a aceleração da expansão das áreas plantadas. Para o produtor rural, representa uma oportunidade importante de diversificação e diluição de riscos, inclusive por conta dos contratos de longo prazo.

 

No Polo Araguaia, onde sou responsável pela liderança de duas unidades agroindustriais, em Mineiros e Perolândia (GO), temos capacidade de moer até 7,6 milhões de toneladas de cana, produzir 646 milhões de litros de etanol e cogerar 716 mil MWh de energia elétrica limpa. E sabemos que isso só é possível com as parcerias já estabelecidas e com as novas que estão sendo concretizadas.

 

Existem oportunidades para todos os perfis de produtores, desde os maiores, que se responsabilizam por toda a operação agrícola e entregam a cana na esteira para nós, como também para aqueles de pequeno porte, que contam com nosso apoio mais intenso. O mais importante é termos parceiros que queiram crescer conosco, que busquem a expansão das áreas plantadas com custos competitivos e que compartilhem do nosso compromisso com o desenvolvimento sustentável. O êxito deste entusiasmo empresarial se refletirá em negócios que beneficiem toda a nossa região.

 

Sérgio Fiorin, superintendente do Polo Araguaia

 

Leia mais sobre a participação da Atvos na Feinagro.