Comunicado Imprensa

11/12/2019

São Paulo, 6 de dezembro de 2019. A Assembleia Geral de Credores do Grupo Atvos, a ser realizada no âmbito do seu processo de recuperação judicial, teve sua 1ª convocação hoje, em São Paulo.

 

No total, integram o processo de recuperação judicial do Grupo Atvos nove empresas. Em resumo, oito assembleias não foram instaladas por falta de quórum e uma assembleia foi instalada e suspensa.

 

Não foram instaladas por ausência de quórum mínimo a Assembleia Geral de Credores das empresas Atvos Agroindustrial, Atvos Agroindustrial Participações, Rio Claro Agroindustrial, Usina Conquista do Pontal, Agro Energia Santa Luzia, Brenco, Destilaria Alcídia e Usina Eldorado. A Assembleia ocorrerá em 2ª convocação, no dia 17 de dezembro de 2019, com qualquer número de presentes, conforme previsto no edital.

 

A Assembleia Geral de Credores da empresa Pontal Agropecuária foi instalada e, em seguida, foi suspensa por deliberação dos credores para ser retomada no dia 17 de dezembro de 2019. A suspensão é uma medida comum em recuperações judiciais para que o plano seja negociado e apresentado em tempo hábil para análise dos credores e posterior deliberação.

 

O plano de recuperação judicial do Grupo Atvos foi protocolado no dia 6 de agosto dentro do prazo legal. A proposta apresentada visa fortalecer a estrutura de capital das sociedades envolvidas e viabilizar investimentos de R$ 1,1 bilhão por ano-safra. Dessa forma, as operações ficam asseguradas, bem como o compromisso com os mais de 10 mil empregados, suas famílias, comunidades, parceiros, fornecedores e clientes. Atualmente, o Grupo Atvos é responsável por 10% do abastecimento de etanol no mercado brasileiro.