Atvos amplia atuação no Pacto Global da ONU

04/09/2020

Comprometida com o seu propósito e com o desenvolvimento de soluções sustentáveis para a sociedade, a Atvos intensificou o seu engajamento no Pacto Global da ONU (Organização das Nações Unidas).  A empresa tornou-se membro do Conselho Orientador da Rede Brasil e passa a ter representantes em todas as sete frentes de atuação, além de assumir a coordenação da Plataforma Agro Sustentável, grupo de trabalho que articula empresas, organizações do agronegócio e governos para promover sistemas produtivos eficientes e sustentáveis.

 

“Diante da relevância do Pacto Global em impulsionar boas práticas empresariais, analisamos ser o momento de avançar na liderança do debate relacionado ao agronegócio. O setor sucroenergético pode contribuir e também evoluir com a experiência de outras cadeias produtivas”, explica Amaury Pekelman, responsável por Relações Institucionais e Sustentabilidade e representante da Atvos no Conselho Orientador da Rede Brasil do Pacto Global.

 

Como nova coordenadora da Plataforma Agro Sustentável, Mônica Alcântara, gerente de Sustentabilidade, destaca a importância de estar à frente de públicos estratégicos de diferentes setores. “Reforçamos o compromisso da Atvos em disseminar o modelo de produção e consumo sustentáveis, além de fortalecer o agronegócio como fundamental na construção de uma nova economia, mais verde, íntegra e inclusiva”.

 

Entre os desafios do grupo de trabalho Agro Sustentável, que reúne mais de 50 organizações do setor, está garantir a segurança alimentar no Brasil e no mundo. As atividades estão alinhadas com duas das metas definidas pela ONU para serem atingidas até 2030, os chamados Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. São eles: ‘Fome Zero e Agricultura Sustentável’ e ‘Consumo e Produção Responsáveis’.

 

Desde 2016, a Atvos integra a Rede Brasil do Pacto Global, a maior iniciativa de sustentabilidade empresarial do mundo. São mais de 9.500 empresas de 160 países mobilizadas em alinhar suas operações e estratégias a princípios pautados em direitos humanos, trabalho, meio ambiente e anticorrupção.

 

Mais informações sobre a Plataforma Agro Sustentável, no site do Pacto Global.